terça-feira, 10 de fevereiro de 2009















Ding Dong...
- Sim?
- Boa tarde, esta era a casa do sr Fernando Silva?
- Era sim, o que deseja?
- É a filha não é?
- Sim, o que deseja?
- Nós somos do jornal Correio da Manhã e gostaríamos de falar um pouco consigo. É possível?
- Hum.. talvez seja melhor não.
- Está bem, obrigada boa tarde.

Talvez seja melhor deixar as coisas do passado! Não quero voltar a relembrar aquele dia, nem a tua morte, muito menos a forma como morreste.
Quero lembrar-me de ti como tu eras, calado no teu silencio, introspectivo no teu mundo, mas sempre observador no que te rodeava, seja porque a filha chegou a casa com a lágrima no canto do olho, porque o dia não correu bem a mãe, ou porque há coisas a acontecer que temos que evitar. Quero lembrar-me de ti sentindo o teu amor no meu coração! Isso basta...


O pai o avô e a Di
03.08.2007

1 comentário:

Inês Silva disse...

Reconheces a foto que eu pus no meu blog?