quinta-feira, 26 de junho de 2008


Sonha comigo, beija-me, beija-me os lábios, a pele o corpo.
Toca-me, por favor toca-me. Quero sentir o teu corpo no meu, os dois corpos juntos fundindo-se num só, formando o ser perfeito, aquele que nós dois sempre sonhamos ser, porque eu completo-te e tu completas-me, porque eu te amo e porque tu me amas.
Vamos, vamos fazer amor sem taboos, responsabilidades deveres, vamos pura e simplesmente unir os nossos corpos e viver a nossa liberdade, o nosso sonho, juntos vamos conseguir, vamos ser felizes... Vem toca-me, beija-me, estou a sentir o coração a bater, os sons diminuem, a visão escasseia, agora sou só tu e eu, os nossos corpos juntos que neste momento tremem de ansiedade, de prazer, o suor que sai do corpo transpira liberdade, faz-me bem, faz-me feliz... Não pares, não pares agora.. vem..
A luz desapareceu, vejo apenas tudo negro, não oiço nada, apenas o som do coração acelerado e as células do meu corpo agitadas tremendo... Ouve-se um gemido inevitavel... A luz volta devagarinho mas o silencio mantem-se, oiço apenas o bater do coraçãoque vai acalmando aos poucos e poucos, o corpo treme tentando manter o equilibrio, está exausto e molhado de liberdade... Abraça-me, beija-me.. toca-me, leva-me para onde fores, leva-me contigo... sonha comigo... vem ao meu encontro, acorda-me, beija-me, faz amor comigo... sonha comigo...

23.06.2008
Patrícia Silva

1 comentário:

David disse...

Muito intenso & belo! Parabéns! ;)